Marina Colasanti faz 80 e lança livros para todas as idades
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Marina Colasanti faz 80 e lança livros para todas as idades

E ainda na coluna Babel: Renato Aragão vai ganhar biografia, livraria móvel da Unesp suspensa, exposição leva livros de pedra para o jardim da Casa das Rosas, etc

Maria Fernanda Rodrigues

05 Agosto 2017 | 06h00

NACIONAL – 1
Marina Colasanti faz 80 e lança livros para todas as idades

Marina Colasanti

Marina Colasanti nasceu na Eritreia, viveu na Itália e chegou ao Brasil em 1948 (Foto: Marcos de Paula/Estadão)


Às vésperas de completar 80 anos (dia 26 de setembro), a escritora Marina Colasanti prepara o lançamento de uma série de livros e amplia sua já extensa coleção – são mais de 40, muitos dos quais premiados. Sai ainda este mês, pela Brinque-Book, Tudo Tem Princípio e Fim, de poesia para crianças. Marina é quem assina as ilustrações. Até o fim do ano, a Global lança, também com ilustrações dela (veja abaixo), Quando a Primavera Chegar, de contos maravilhosos. Já pela Record, estão previstos um livro de poesia para adultos – Mais Longa Vida – e outro, como ela explica, “de mínimas poesias surpreendentes para crianças” – Classificados e Nem Tanto 2. As traduções também seguem de vento em popa. Acaba de chegar a edição colombiana de La Niña Arco-iris, pela Panamericana. E em outubro, a autora vai a Buenos Aires para o lançamento de La Amistad Bate la Cola, pela Santillana.

marina colasanti

Ilustração de Marina Colasanti para o livro ‘Quando a Primavera Chegar’

NACIONAL – 2
Pelo Estado afora
O projeto Viagem Literária, do governo do Estado, completa uma década este ano, e leva, a partir de segunda, 7, autores a 90 cidades para conversas com o público em bibliotecas. Entre eles, Ignácio de Loyola Brandão, Daniela Arbex, Bruna Beber, Santiago Nazarian, Rafael Gallo, Ricardo Lísias, Marcia Tiburi, João Anzanello Carrascoza e Luiz Ruffato.

LIVRARIA
Na garagem
A Fundação Editora Unesp suspendeu, por tempo indeterminado, as viagens de sua livraria móvel – e deficitária. Montada em caminhão baú e com área útil de 20 m², ela chegava a levar 6 mil títulos de gêneros e editoras variados a cidades do interior. A última parada foi em Araraquara, em março. O foco, agora, será na editora.

ROMANCE
Sobre a espera
Berta Isla, de Javier Marías, que será lançado na Espanha em setembro, sai aqui em maio pela Companhia das Letras. O romance se passa entre 1960 e 1990 e conta a história de Tomás, que volta a Madri para se casar com a Berta do título. Segundo o autor, este é livro sobre espera e espiões, embora não haja missões impossíveis.

BIOGRAFIA
O grande trapalhão

biografia Renato Aragão

Renato Aragão em ‘Os Saltimbancos Trapalhões – O Musical’ (Foto: Daniel Marenco)

Renato Aragão, terá sua vida contada pelo jornalista Rodrigo Fonseca. A biografia, ainda sem título confirmado, será lançada em novembro pelo Estação Brasil, selo da Sextante criado em 2016.
*
Além de contar histórias pessoais e profissionais do artista, o livro apresenta a visão de Renato sobre o Brasil, resgata o início da TV brasileira e fala sobre humor. A obra acompanha sua trajetória desde o nascimento, em Sobral, em 1935, até agora, nos 40 anos de Os Trapalhões, que divertiu gerações.

EXPOSIÇÃO
Selva de pedra

livro de pedra

(Foto: Graça Lopes)

A partir de 29/10, o jardim da Casa das Rosas abrigará a exposição Materialidades e Dialogias Poéticas. Até 17/11, serão expostos os livros de pedra da escritora e artista plástica Graça Lopes – esculturas esculpidas com poemas dela em homenagem a 10 autores que a influenciaram, entre os quais Augusto de Campos (foto), Mallarmé, Florbela Espanca, Hilda Hilst e Pessoa. Na abertura, a Giostri lança um livro com os poemas de Graça – esses e outros 13. De 19/11 a 9/12, a mostra segue para o Conjunto Nacional.