As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil comercializa US$ 620 mil na Feira do Livro de Frankfurt

Maria Fernanda Rodrigues

28 Outubro 2016 | 22h29

Por Guilherme Sobota e Ubiratan Brasil

MERCADO

O Brasil terminou com um saldo positivo em sua participação na 68.ª Feira do Livro de Frankfurt, encerrada na semana passada. Segundo dados coletados pelo Brazilian Publishers, cerca de US$ 620 mil foram comercializados em exportação de direitos autorais e de livros físicos, previstos para os próximos doze meses.

Com 30 editoras brasileiras, o valor negociado superou a previsão de US$ 550 mil, e cresceu em 24% em relação a 2015, quando o evento gerou US$ 500 mil em negócios. Durante a feira, a Câmara Brasileira do Livro acertou detalhes com a Emirates Publishers Association para oficializar a participação de Sharjah como país homenageado da 25.ª edição da Bienal Internacional de São Paulo, em 2018. Com cerca de 12 milhões de imigrantes árabes, o Brasil é considerado um bom mercado.


DEBATE
Sobre ‘Os Sertões’

A obra-prima de Euclides da Cunha, Os Sertões, será tema de um debate promovido pela editora Ubu e as Edições Sesc, responsáveis por uma nova (e bem completa) edição da obra. O evento vai reunir a professora Walnice Nogueira Galvão, especialista na obra de Euclides, e o encenador José Celso Martinez Correa, que teatralizou Os Sertões. A mediação será do jornalista Antonio Gonçalves Filho, do Caderno 2, e o evento ocorrerá no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, no dia 5 de dezembro, às 19 horas.

ACERVO
Livro da Cosac Naify
Com o lançamento do livro Olhar à Margem: Caminhos da Arte Brasileira, do crítico Luiz Camillo Osório, a Sesi SP Editora inicia a parceria com a Cosac Naify. Marca também o começo da transferência de parte significativa do catálogo da Cosac: envolve cerca de 300 títulos de diversas áreas, dentre elas as coleções: Cinema, Portátil, Teatro e Modernidade, Mulheres Modernistas e Movimentos da Arte Moderna.

INDEPENDENTES
‘Mó Brasil’ na Miolo(s)
A Lote 42 vai publicar a quinta edição do zine Mó, com o tema Brasil, na próxima edição da Feira Miolo(s), que ocorre no sábado, 5 de novembro. Com desenhos de DW Ribatski, a revista vem com textos do Barão de Itararé, Zelia Gattai, Jorge Amado, Pero Vaz de Caminha, Cora Coralina, Euclides da Cunha, Drummond, Carolina de Jesus, e vários outros.
*
Outra novidade da Feira – que reúne mais de 100 editoras independentes de todo o Brasil na Biblioteca Mário de Andrade – é a performance da artista Tai Cossich, a sua Espetacular Clínica da Monga (a mulher gorila), que faz a psicanálise dos voluntários ao ar livre, gratuita.

MAIS FRANKFURT
Investimento no jovem
O Grupo Companhia das Letras investiu no seu selo jovem na última Feira de Frankfurt, que acabou no último dia 23. A Seguinte adquiriu seis títulos.
Entre eles, Dear My Blank e Last Message Received, antologias de postagens dos Tumblrs de mesmo nome, de autoria de Emily Trunko, de apenas 15 anos. As páginas ficaram populares e tiveram destaque em veículos como The New York Times e o Buzzfeed. O primeiro reúne cartas anônimas que seus autores não tiveram coragem de enviar, e o segundo é uma seleção das últimas mensagens recebidas de alguém importante.

E-BOOK
Novo canal de vendas
A Livraria do Corvo, em Curitiba, é a primeira independente a inaugurar um canal próprio para venda de livros digitais. Isso graças à parceria com a Bibliomundi, plataforma de distribuição de e-books de autores autônomos e editoras, como a Vozes, de Petrópolis, e a Oficina Raquel, jovem editora carioca.

Mais conteúdo sobre:

BabelFeira do Livro de Frankfurt