Babel: Novo projeto do Livreiro do Alemão mira crianças fora da escola
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Novo projeto do Livreiro do Alemão mira crianças fora da escola

E ainda na coluna Babel de 7 de outubro: Lojas Americanas amplia oferta de livros e quer abrir mais lojas, '120 Dias de Sodoma' em nova edição, 'As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera' a caminho das livrarias, etc.

Maria Fernanda Rodrigues

07 Outubro 2017 | 06h00

LEITURA
Novo projeto do Livreiro do Alemão mira crianças fora da escola

livreiro do alemão

Otávio Jr. na Feira de Frankfurt, em 2013 (Foto: Maria Fernanda Rodrigues)

O carioca Otávio Jr., que ficou conhecido como O Livreiro do Alemão, também título da obra em que conta como um livro encontrado no lixão mudou sua vida e o que ele fez para despertar o interesse de crianças da periferia pela leitura, está preocupado. Pensando nos meninos e meninas que estão sendo impedidos de ir à escola por causa da violência no Rio, ele criou a estrutura de um workshop de criatividade e criação de histórias que vai começar a ser desenvolvido com crianças da Penha e do Alemão. Nos encontros, ele vai conversar com elas sobre seu novo livro, Da Minha Janela, em que um menino vê alegria e tristeza caminharem lado a lado pelas ruas da favela e mostra o que é ser criança e sonhar nos morros cariocas. Enquanto isso, Otávio segue buscando uma editora que apoie seu novo projeto e patrocínio para as atividades.

LIVRARIA
Chocolates, livros, etc.
Neste momento complicado para o mercado editorial, uma notícia traz algum alento: a Lojas Americanas ampliou a oferta de livros em 2017 e quer terminar o ano com 200 novas lojas. Até agosto, a rede tinha inaugurado 34 – no mesmo período do ano passado, eram 19 as novas unidades. À coluna, a empresa, que tem mais de mil lojas em operação, contou que há “51 em construção, 45 com contrato celebrado e 64 em estágio avançado de negociação”. *
Comenta-se que ela estaria diminuindo o espaço de CDs e DVDs para ampliar as estantes de livro. Ela não confirma.
*
Algumas editoras já sentem o impacto do aumento das vendas para a rede – um grande grupo diz que ela está perto de se tornar sua segunda maior cliente. Outras editoras ainda a veem como um “extra”, já que os acertos ainda não são satisfatórios – coisa que está se tornando praxe no mercado.

NÃO FICÇÃO
Conhecimento expresso
Com 350 mil cópias vendidas dos volumes A História do Mundo Para Quem Tem Pressa, A História da Mitologia Para Quem Tem Pressa, A História do Brasil Para Quem Tem Pressa e A História da Ciência Para Quem Tem Pressa, a série de livros da editora Valentina ganha dois novos títulos: A História do Século 20 (este ano) e A História da Moda (2018) – também para quem não tem tempo a perder.

AUTOAJUDA
Outro compasso
Com 3 milhões de exemplares comercializados no mundo, As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera é uma das apostas da Sextante para o ano e será lançado nos próximos dias. A ideia do monge zen-budista sul-coreano Haemin Sunin é ajudar o leitor a “tranquilizar os pensamentos, cultivar a calma e a autocompaixão”. A obra é ilustrada.

HISTÓRIA
Sobre a guerra
Voltando à história. A HarperCollins manda para as livrarias, em novembro, um box que reúne os dois volumes de Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (1874-1965). Eles tinham sido lançados separadamente.

CLÁSSICO
Nova tradução
Está previsto para o primeiro semestre de 2018, pela Companhia das Letras, o lançamento de 120 Dias de Sodoma, do Marquês de Sade (1740- 1814). A tradução é de Rosa Freire D’Aguiar e a edição terá prefácios de Eliane Robert de Moraes e de Reinaldo Moraes. O livro foi escrito clandestinamente na Bastilha em tiras de 12 cm de largura, coladas uma a uma.