‘Sutura’ fustiga vida dos casados

‘Sutura’ fustiga vida dos casados

João Wady Cury

06 Fevereiro 2018 | 15h14

Anna e Ivo. Começo ou fim? Foto: Bruno Favery

 

O amor é lindo, mas casamento é outra história. A dupla da foto sugere um voo de vida em comum. Mas não se iluda, humano: estão unidos no amor ou prontos para o fim do relacionamento? Talvez a discussão seja irrelevante. Estas provocações alinhavadas por um texto cortante dão o compasso do amor na peça Sutura, do dramaturgo escocês Anthony Neilson. Estreia dia 23 de março, no porão do CCSP, o projeto nasceu nas mãos do diretor Cesar Baptista e do ator Ivo Müller – que convidaram a atriz Anna Cecília Junqueira para completar o elenco. Discurso sem cronologia, a montagem bate onde dói: a hipocrisia dos relacionamentos, mentiras, dissimulação. Sugere-se levar lenço – descartável, óbvio.