Revolta sempre

João Wady Cury

07 Dezembro 2017 | 13h31

Brasil e Cuba, suas similaridades e contrapontos atuais e históricos, estão no centro da nova encenação da Cia Livre, de Cibele Forjaz, Lúcia Romano e Edgar Castro. A peça já tem nome: Revoltar. O texto é da dramaturga Dione Carlos e a direção de Vinícius Torres Machado. Estreia nos primeiros meses de 2018. O elenco terá Sergio Siviero, Sofia Botelho e Donizeti Mazonas, além de outros colaboradores que estão se integrando ao processo nas próximas semanas.