Âmago Feminino

Âmago Feminino

João Wady Cury

08 Maio 2018 | 14h15

‘Eu Sou Essa Outra’ é inspirada em livro da atriz norueguesa Liv Ullmann Foto: Rafaela Carvalho

 

O projeto nasceu da única forma que poderia, com intimidade e cumplicidade artística entre duas atrizes, Maria Laura Nogueira e Rita Gullo. Ambas, separadamente, tinham a imagem da atriz norueguesa Liv Ullmann e seu livro Mutações pululando ao seu redor.

Não deu outra e o resultado vai à cena no próximo dia 17, no Sesc Pinheiros, e chama-se Eu Sou Essa Outra. O tom confessional de Ullmann, discorrendo sobre a própria vida, o teatro, o cinema e o relacionamento turbulento com o cineasta sueco Ingmar Bergman como somente esses nórdicos sabem fazer, se torna um uníssono do âmago feminino. Às duas atrizes juntou-se uma terceira, Nana Yazbek, e a dramaturga Carla Kinzo, para dar conta de encapsular a densidade de Ullmann e colocá-la no palco. A direção é da estreante Vera Egito, conhecida por sua atuação em audiovisual. Sim, somente mulheres falando sobre uma mulher e, ao mesmo tempo, sobre todas. E isso é bom.