Good trip, bad trip

Good trip, bad trip

João Wady Cury

19 Outubro 2017 | 17h10

O elenco de Dostoievski Trip. Foto: Divulgação

 

O escritor russo Dostoievski emprestou, involuntariamente, um trecho do seu romance O Idiota para que o seu conterrâneo Vladimir Sorokin, inédito em Pindorama, criasse situações embaraçosas na peça Dostoievski Trip, dirigida por Cibele Forjaz, que estreia no dia 26 no CCBB. “Sorokin trata de assuntos incômodos como a mercantilização das coisas e pessoas”, conta a diretora. Mais atual, impossível.