Escombros do absurdo

Escombros do absurdo

João Wady Cury

01 Abril 2018 | 05h46

A peça Olfato, na Cia Mungunzá. Eduardo Perini

 

O teatro, a partir de dramaturgia e encenação, propõe desafios quase intransponíveis. É o que traz a comédia Olfato, da Cia do Escombro, que estria dia 7 próximo, no Teatro de Container da Cia. Mungunzá. No caso, aliar a transmissão ao vivo do processo de impeachment a um encontro extraconjugal. É pagar pra ver. Direção de Maurício Perussi do texto de Teresa Cristina Borges, com Paulo Barcellos, Marco Barreto, Melina Marchetti e Vivian Petri no elenco.