Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Cultura

Cultura » A Música como cura. Assistam!

Cultura

A Música como cura. Assistam!

Alvaro Siviero

15 Março 2016 | 09h23

Alzheimer

O Alzheimer é neuro-degenerativo. O declínio das funções intelectuais afeta a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão, linguagem e cria um aumento crescente da dependência de outros, até mesmo para rotinas básicas, como a higiene pessoal e a alimentação. São mais de 15 milhões os atingidos pela doença que, somente nos Estados Unidos, é a quarta causa de morte de idosos entre 75 e 80 anos. No Brasil são quase 1 milhão os portadores. Os desmembramentos jurídicos neste terreno são enormes pois não são poucos os que, aproveitando-se da deficiência de discernimento do paciente, efetuam manobras desleais que causam prejuízos, principalmente, de ordem patrimonial e moral. O assunto é complexo. O tratamento mais complexo ainda.

São nesses momentos em que percebemos que poucas são as coisas que realmente importam na vida. A vida é simples. Nós que a complicamos. Amor, carinho, alegria, atenção, respeito, entre tantos outros, são ingredientes que falam por si e curam muitas das doenças que nos avassalam. A Música é um desses ingredientes.

São momentos como esses que me fazem agradecer trabalhar com Música. Assista ao vídeo. Você entenderá o que falo e concordará que o tratamento para muitas das dificuldades que entristecem a vida de tantas pessoas – solidão, desmotivação, abandono e desesperança – encontra-se aí. Na Música. Mistério para alguns. Certeza para outros.

 

Mais conteúdo sobre: